Comunicação Interventricular: revisão prática – parte IV

Encerrando nossa revisão sobre comunicação interventricular, vamos discutir hoje sobre as do tipo “via de entrada”, que representam de 5 a 8% de todas as comunicações interventriculares (CIVs).

Esta parte do septo separa as valvas mitral e tricúspide e está localizada posterior e inferiormente ao folheto septal da valva tricúspide, se estendendo até a inserção do músculo papilar da valva tricúspide.

Está presente nos defeitos atrioventriculares, que, por sua vez, se dividem em:

  • Canal atrioventricular total: comunicação interatrial tipo ostium primum, defeito do septo atrioventricular e valva atrioventricular única.
  • Canal atrioventricular transicional: comunicação interatrial tipo ostium primum, pequeno defeito do septo interventricular parcial ou totalmente ocluído por tecido da valva atrioventricular direita ou cleft da valva atrioventricular esquerda.
  • Canal atrioventricular parcial: comunicação interatrial tipo ostium primum, sem defeito do septo interventricular de via de entrada, com cleft da valva atrioventricular esquerda.

Obs.: no contexto de defeito do canal atrioventricular, devemos nos referir às valvas mitral e tricúspide como valvas atrioventriculares esquerda e direita, respectivamente.

Eixo Longo Paraesternal

Útil para caracterização da valva atrioventricular (VAV) esquerda no contexto de defeito do septo interventricular tipo via de entrada. Podemos observar o cleft da VAV esquerda (defeito no folheto anterior), com regurgitação e/ou estenose.

Vídeo 1. CIV de via de entrada que se estende até a via de saída. Observamos protrusão de tecido de valva atrioventricular até a via de saída do ventrículo esquerdo e o defeito do septo interventricular. VSD: defeito do septo interventricular. LV: ventrículo esquerdo. RV: ventrículo direito. AV: valva aórtica. LAVV: valva atrioventricular esquerda.
Vídeo 2. CIV de via de entrada com shunt esquerda-direita e discreto refluxo da valva atrioventricular esquerda, secundário ao cleft do seu folheto anterior.
Vídeo 3. CIV de via de entrada que se estende até a via de saída, com shunt esquerda-direita e cleft da valva atrioventricular esquerda, com refluxo leve a moderado. VSD: defeito do septo interventricular. LV: ventrículo esquerdo. RV: ventrículo direito. LA: átrio esquerdo. Ao: aorta. LAVV: valva atrioventricular esquerda.

Eixo Curto Paraesternal (corte ventricular)

Útil para identificar CIVs de via de entrada (com identificação de tamanho e direção de shunts) e caracterizar a valva atrioventricular esquerda.

Vídeo 4. CIV de via de entrada, com dilatação do ventrículo direito. VSD: defeito do septo interventricular. LV: ventrículo esquerdo. RV: ventrículo direito.
Vídeo 5. CIV de via de entrada com shunt esquerda-direita.
Vídeo 6. CIV de via de entrada com shunt esquerda-direita, com refluxo discreto da valva atrioventricular esquerda, devido a cleft do seu folheto anterior.

Apical 4 Câmaras

Útil para avaliar a presença de CIV de via de entrada, tamanho e direção de shunt interventricular, nível de implantação das valvas atrioventriculares (geralmente as valvas atrioventriculares ficam no mesmo nível de implantação, quando existe este defeito, diferente da implantação mais apical da valva tricúspide em corações normais) e presença de cleft e regurgitação da VAV esquerda.

Vídeo 7. CIV de via de entrada, com shunt esquerda-direita. Comunicação interatrial tipo ostium secundum, com shunt esquerda direita. Implantação das valvas atrioventriculares no mesmo nível, com refluxos discretos tanto na esquerda, como na direita. VSD: defeito do septo interventricular. LV: ventrículo esquerdo. RV: ventrículo direito. LA: átrio esquerdo. RA: átrio direito. LAVV: valva atrioventricular esquerda. RAVV: valva atrioventricular direita. ASD: defeito do septo interatrial.

Eixo Curto Subcostal (corte valvar)

O corte oblíquo anterior esquerdo subcostal é útil para avaliar as valvas atrioventriculares (se única, no defeito AV total, ou se dupla, no defeito transicional ou parcial), assim como o tamanho e a direção do shunt.

Vídeo 8. CIV de via de entrada. VSD: defeito do septo interventricular. LAVV: valva atrioventricular esquerda. RAVV: valva atrioventricular direita. RVOT: via de saída do ventrículo direito. PV: valva pulmonar.
Vídeo 9. CIV de via de entrada. VSD: defeito do septo interventricular. LAVV: valva atrioventricular esquerda. RAVV: valva atrioventricular direita.
Vídeo 10. CIV de via de entrada, com shunt esquerda-direita e refluxos discretos das valvas atrioventriculares esquerda e direita.
Vídeo 11. CIV de via de entrada, com shunt esquerda-direita e refluxo leve da valva atrioventricular esquerda. VSD: defeito do septo interventricular. LAVV: valva atrioventricular esquerda. RAVV: valva atrioventricular direita.

E então, gostaram desta revisão? Deixem suas dúvidas e sugestões nos comentários. Compartilhem este conteúdo. Bons estudos a todos!

Para mais conteúdo como esse, continue acompanhando nosso blog!

4.5 2 votos
Avaliação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks inline
Ver todos os comentários
0
Adoraria lhe escutar, por favor, comente.x
()
x